Revista PIB

Faça da Revista PIB a sua home page Sexta, 24 de Novembro de 2017

Economia


  16/11/2016
Baixinhas atrevidas
Pequenas empresas de base tecnológica saem para o mundo mais cedo


  08/07/2015
São Paulo entra no jogo
A cidade desperta para a necessidade de criar uma política mais amigável aos negócios para atrair mais investimentos


  06/05/2015
Crise é oportunidade
Para Dennis Hankins, o cônsul-geral americano em São Paulo, o comércio e os investimentos entre Brasil e EUA têm tudo para continuar a crescer


 
Ponte virtual
Startups brasileiras aprendem o caminho para o Vale do Silício, na Califórnia, e ganham prêmios e investimentos de volta


  05/09/2012
Brasil sobe cinco posições em ranking de competitividade
Ranking global do Fórum Econômico Mundial, divulgado hoje, espelha o movimento de mudança da atividade econômica no mundo, das economias avançadas para as emergentes


  31/08/2012
Pimentel oferece assistência jurídica na formatação de zona de exportação cubana
O Brasil financia 80% das obras de reconstrução do porto de Mariel, por meio do BNDES, que terá custo total de US$ 800 milhões


  28/08/2012
MTE autoriza 2,3 mil haitianos a trabalharem no Brasil este ano
O número é cinco vezes maior do que no mesmo período do ano passado, quando foram dadas 441 autorizações

 
  28/08/2012
Brasil e Suécia firmam acordo para ações que levem à redução da pobreza
Acordo foi assinado hoje em Estocolmo e ontem, o ministro Antonio Patriota esteve em Paris, onde conversou com o ministros das relações exteriores , Laurent Fabius


  28/08/2012
Paraguai considera irregular entrada da Venezuela no Mercosul
Franco promete promulgar decisão do Congresso quando receber ato do Senado de rejeitar ingresso da Venezuela no Mercosul

 
  28/08/2012
Limite de operações de câmbio pode subir para US$ 10 mil
O aumento foi aprovado pelo Senado e agora segue para avaliação da câmara dos deputados


  28/08/2012
Brasil precisa enfrentar os desafios das reformas
Declaração do ex primeiro ministro da Grã-Bretanha, Tony Blair, durante Congresso Internacional Brasil Competitivo, hoje, em Brasília

 
  23/08/2012
Alta do dólar reduz gastos de brasileiros em viagens ao exterior em julho
Os brasileiros gastaram, em julho, US$ 1,5 bilhões em viagens internacionais, valor 16,8% menor do que em julho de 2011

 
  23/08/2012
Banco Central divulga superávit de US$ 609 milhões em julho
A poupança externa continua sendo financiada pelo Investimento Estrangeiro Direto, que teve a terceira maior entrada da série histórica em julho


  22/08/2012
Liberação de produtos de laboratório nos aeroportos pode demorar meses
Greve começa a ter reflexos na oferta de produtos importados e risco aumenta nas fronteiras sem a fiscalização da Polícia Federal


  20/08/2012
Greves seguem generalizadas no serviço público federal
Filas nos aeroportos acabam com intervenção do STJ e governo divulga gastos com folha de pagamentos, que cresceram 133% em oito anos


  17/08/2012
Greve dos servidores federais chega aos aeroportos
Filas se formam nos setores de embarque internacional dos aeroportos das principais capitais. Planejamento diz que PF quer reajuste de mais de 109%

 
  16/08/2012
Cepal vai propor mudança estrutural para América Latina e Caribe
Proposta está em documento que será apresentado na 34ª reunião bienal da Comissão, que acontece em El Salvador a partir de 27 de agosto

 
  03/08/2012
Banco Mundial usa o Bolsa Família como modelo
Custo operacional de pagamentos de benefícios, salários e pensões pode ser 75% menor com o uso de cartões magnéticos, como é feito no programa brasileiro

 
  27/07/2012
Câmbio ficará disponível no caixa automático
Conselho Monetário Nacional (CMN) autoriza operação em máquinas de autoatendimento para até US$ 3 mil

 
  23/07/2012
Quarta maior fortuna em paraísos fiscais é brasileira
Estudo inédito afirma que US$ 21 trilhões é o total da riqueza escondida em paraísos fiscais. Brasil tem US$ 521 bilhões.

 
  17/07/2012
Cartão de crédito brasileiro é o mais caro da AL
Quem opta pelo crédito rotativo paga, no Brasil, juros de 323,14% ao ano. São os maiores da América Latina de acordo com levantamento divulgado hoje pela Associação Brasileira de Defesa do Consumidor (ProTeste). Este índice é seis vezes maior do que o encontrado no segundo colocado, o Peru, com 55%. Veja o ranking:

 
  08/09/2011
Brasil ganha cinco posições em ranking global de competitividade
Mas país ainda é apenas a 53ª economia mais competitiva do mundo entre as 142 analisadas

 
  02/09/2011
PIB do Brasil tem o segundo menor crescimento entre os países do Brics
O crescimento de 3,1% no segundo trimestre só não foi menor do que a expansão de 1,3% da África do Sul

 
  15/08/2011
Futuro do Brics é superar EUA e Europa, prevê estudo alemão
Segundo especialistas, a economia global gerou "mudanças tectônicas" nas economias emergentes

 
  10/08/2011
Plano Brasil Maior prioriza Comércio Exterior
Pacote de medidas anunciadas pelo Governo tem três frentes: comércio exterior, defesa da indústria e estímulos ao investimentos inovação

 
  09/08/2011
Brasil tem mais espaço para conter crise que países desenvolvidos, diz Mantega
Na Câmara, ele disse que o país está preparado para enfrentar o agravamento da crise econômica internacional

 
  21/07/2011
Brasil tem sido duro e impositivo com a Argentina, diz Ministério
Alessandro Teixeira disse que as queixas do setor privado sobre as relações bilaterais não procedem.

 
  14/07/2011
Brasil vai crescer menos do que vizinhos em 2011, diz Cepal
O Brasil será, junto com a Guiana, o país que registrará o menor crescimento da região em 2011, com 4%

 
  11/07/2011
Banco do Brasil e Mapfre da Espanha formam a maior seguradora do país
A BB Seguros e Participações S/A, subsidiária do Banco do Brasil, iniciou operação conjunta na última quinta-feira (7) com o Grupo Mapfre, maior seguradora da Espanha. As duas empresas operam agora como Grupo Segurador BB&Mapfre, e a parceria já nasce como a maior empresa do ramo no país, com participação de 15,6% do mercado. A união das duas empresas, com duração mínima de 20 anos, foi oficializada na última quarta-feira (6) assim que a Superintendência de Seguros Privados (Susep) e o Conselho Administrativo de Direito Econômico (Cade) homologaram a parceria, que vai atuar na comercialização de seguro pessoal, habitacional, agrícola e de veículos. “Essa é uma associação muito diferente, que vai ampliar a geração de empregos, com a contratação de mais de mil profissionais até o fim de 2011. Trata-se de união complementar, que vai gerar novas oportunidades de negócios e soluções cada vez mais personalizadas para os clientes”, de acordo com Roberto Barroso, presidente da holding Vida e Rural do Grupo. Marcos Eduardo Ferreira, presidente da holding Auto, Seguros Gerais e Affinities, acrescenta que a estratégia de negócios da BB&Mapfre está alinhada com os marcos objetivos do novo grupo segurador. “O portfolio de soluções é um dos mais abrangentes do mercado; possuímos unidades especializadas de negócios; a presença territorial é abrangente e diversificada; e trabalharemos com distribuição multicanal”, afirmou. Ontem foi iniciada uma campanha de divulgação ao grande público sobre a nova geração brasileira de seguros, com destaque para temas como proteção, qualidade dos serviços e rapidez no atendimento.

 
  11/07/2011
Petrobras é a 34ª maior empresa do mundo, segundo ranking da Fortune
A Companhia subiu 20 posições na lista e é avaliada como a maior empresa brasileira

 
  05/07/2011
Copa de 2014 movimentará mais de R$ 110 bi
Sediar a Copa de 2014 renderá R$ 47 bilhões ao Brasil em impostos diretos

 
  04/07/2011
Receita e Secex trabalham em conjunto no combate ao comércio exterior irregular
A Receita Federal do Brasil (RFB) e a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) começaram no último dia 30 a trabalhar em conjunto, pela primeira vez, com vistas a fortalecer a atuação governamental no combate ao contrabando e descaminho de mercadorias, disse o subsecretário de Aduana e Relações Internacionais da RFB, Ernani Checcucci. Os dois órgãos têm funções complementares, mas sempre atuaram de forma isolada, mas a partir de agora farão operações integradas no controle aduaneiro e na defesa da competitividade dos produtos brasileiros lá fora. O primeiro passo nesse sentido foi a reunião, hoje mesmo, do recém-criado Grupo de Inteligência de Comércio Exterior (GI-CEX), formado por técnicos da RFB e da Secex, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Criado no último dia 16, o GI-CEX tem a função de sistematizar todas as informações inerentes ao combate de práticas desleais e ilegais no comércio exterior, de acordo com a titular da Secex, Tatiana Lacerda Prazeres, que também participou do anúncio de operação conjunta. Ela acrescentou que o grupo de trabalho também terá a atribuição de propor diretrizes, prioridades e medidas para o combate às irregularidades detectadas. Checcucci anunciou que também será criado um Centro Nacional de Gestão de Riscos Aduaneiros, no âmbito da SRF e com sede em Brasília, para definir competências regimentais e de organização para “tratar de forma mais eficaz” o grande número de denúncias recebidas de órgãos públicos e da iniciativa privada sobre importações fraudulentas. Principalmente quanto à triangulação de importações. Ele não citou nenhum caso específico, pois “o que existe por enquanto são suspeitas”, afirmou. Ele salientou que a atuação da RFB em conjunto com a Secex vai aumentar a capacidade de organização e de processamento das informações, de modo a agilizar a ação conjunta em defesa dos interesses comerciais do país. Como resultado, é possível que em um primeiro momento aumente o volume de apreensões de mercadorias que entram no Brasil de forma irregular. Segundo ele, só nos primeiros quatro meses deste ano foram apreendidas mercadorias no valor total de R$ 618 milhões, em portos, aeroportos e em postos de fronteira. Uma arrecadação 151,11% maior que no primeiro quadrimestre do ano passado. Além de mercadorias contrabandeadas apreendidas, também houve recolhimentos de drogas e munições.

 
  28/06/2011
Bolívia e Equador devem ser os próximos membros permanentes do Mercosul
Vinte anos depois de sua criação, o Mercosul vai trabalhar pela inclusão definitiva de dois membros no bloco: Bolívia e Equador. Atualmente, os dois países andinos são membros associados do bloco regional, integrado por Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. Como membros plenos, poderiam participar também da união aduaneira. A decisão de negociar a maior aproximação com os governos boliviano e equatoriano foi tomada pelos chanceleres dos países integrantes do bloco, nesta terça-feira (28), véspera da 41ª Cúpula do Mercosul. O alto representante do Mercosul, embaixador Samuel Pinheiro Guimarães, viajará em breve a Bolívia, acompanhado por diplomatas dos quatro países membros, para iniciar as negociações. Em seguida, viajará ao Equador, cujo presidente, Rafael Correa, participará da cúpula como convidado. Ao anunciar os projetos de expansão do Mercosul, o chanceler brasileiro, Antonio Patriota, rebateu as críticas de que o bloco econômico perdeu força e não conseguiu transformar-se em um verdadeiro projeto de integração política, econômica e comercial, como a União Europeia (UE). Segundo ele, em 2010, a economia do bloco regional cresceu 8%. "Foi o crescimento mais elevado que o registrado por qualquer outra união aduaneira ou associação de livre comércio", disse Patriota, em entrevista coletiva. Além da UE, que vive momentos de crise, o Mercosul superou, em crescimento, a Associação de Nações do Sudeste Asiático (Asean). Patriota também respondeu às críticas de empresários paraguaios, publicadas na imprensa local, às travas comerciais do Brasil e da Argentina. Ele lembrou que, em 2010, a economia paraguaia cresceu 15%, o maior crescimento no Continente Americano. E que o crescimento no bloco econômico foi acompanhado por uma distribuição de renda. "No passado, o Brasil cresceu, mas não havia igualdade social. Hoje, dos Brics [acrônimo que representa os emergentes Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul], o Brasil é o único com crescimento e distribuição de renda. O mesmo ocorre na Argentina, no Paraguai e no Uruguai. Essa melhoria não pode ser dissociada do Mercosul", ressaltou o subsecretário-geral para América do Sul, Central e Caribe, embaixador Antônio José Simões. Em 20 anos de Mercosul, houve também um aumento significativo do intercâmbio comercial, que passou de US$ 4,5 bilhões em 1991 para US$ 45 bilhões no ano passado. Segundo Patriota, as expectativas para 2011 é superar os US$ 50 bilhões. "O intercâmbio comercial cresceu mil por cento", disse Simões. Segundo ele, esse desempenho é superior ao de outros acordos de livre comércio, como o assinado há sete anos por Chile e Estados Unidos. Alem da Bolívia e do Equador, o Mercosul tem mais três membros associados: Chile, Peru e Colômbia. Mas o Mercosul optou por negociar uma aproximação maior com os governos da Bolívia e do Equador porque eles nao têm acordos de livre comércio com os Estados Unidos ou a UE. Patriota também lembrou que o mundo mudou, desde a criação do Mercosul. "A China não era um parceiro significativo; hoje é o principal parceiro comercial do Brasil", disse. Segundo ele, um dos temas da reunião de chanceleres foi, justamente, o comércio Sul-Sul. As previsões são de que a China e a Índia continuem precisando de alimentos, energia e minerais. O Mercosul deveria desenvolver uma política de inserção nesses novos mercados, alem de implementar medidas para facilitar o livre trânsito dentro do bloco regional", disse o chanceler brasileiro. Com informações da Agência Brasil

 
  07/06/2011
Venezuela comprará de oito a 20 aviões da Embraer, diz Chávez
Chávez disse que os dois países estão “muito interessados” e que foi dada prioridade estratégica ao projeto

 
  31/05/2011
Ministra francesa se compromete a dar continuidade às reformas no FMI
Em visita ao Brasil, Christine Lagarde, comprometeu-se à dar maior representatividade aos países emergentes

 
  13/05/2011
Lucro líquido da Petrobras sobe 42%, para R$ 10,9 bi
Os investimentos da Petrobras totalizaram R$ 15,8 bilhões no primeiro trimestre do ano

 
  02/05/2011
Balança comercial tem superávit de US$ 1,86 bi em abril
O país exportou, em média, US$ 98,1 milhões a mais do que importou em cada um dos 19 dias úteis do mês

 
  02/05/2011
Governo estima exportações de US$ 245 bilhões em 2011
O anúncio foi feito pelo ministro Fernando Pimentel durante a apresentação da balança comercial de abril

 
  21/04/2011
OMC pede soluções para a Rodada Doha
A uma semana das reuniões, Pascal Lamy apela à comunidade internacional para que não se jogue dez anos de trabalho fora


 
Eficiência em xeque
A boa notícia: o Brasil melhora sua posição no ranking mundial de competitividade. Agora a ruim: ainda precisamos avançar um bocado

 
  26/07/2010
Brasil e Japão vão compartilhar contribuições à Previdência
Países assinarão acordo que beneficiará 300 mil brasileiros que moram no Japão

 
  25/07/2010
Investimento estrangeiro no Brasil recua 42%, diz ONU
A queda foi maior do que a média mundial, que sofreu redução de 37%, a US$ 1,1 tri


  22/03/2010
Investimento de multinacionais brasileiras no exterior tem valor recorde para fevereiro
Segundo Banco Central, aplicações líquidas somaram US$ 4,2 bilhões

 
  23/02/2010
Brasil tem melhor clima econômico da América Latina, diz FGV
Sondagem aponta otimismo em relação à recuperação brasileira frente à crise

 
  12/02/2010
BNDES vai apoiar multinacionais brasileiras no exterior
Primeiro passo foi dado em 2009, com a abertura da subsidiária em Londres


  03/02/2010
De olho na internacionalização da moeda, BC lança novas cédulas de real
Mantega afirmou que o Brasil precisa se preparar para que o real seja uma moeda de circulação internacional

 
  30/07/2009
Bloomberg: Brasil lidera a América Latina rumo ao fim da recessão
A consultoria norte americana JP Morgan afirma que os bons números da economia brasileira impulsionam a recuperação da região

 
  16/07/2009
Reuters: Nova era para a taxa de juros brasileira
De acordo com a agência, os cortes na taxa devem continuar, dependendo da inflação e dos gastos do governo

 
  16/07/2009
Newsweek: O Brasil pode virar uma nova Grã-Bretanha
Para a revista, os bons resultados do Brasil frente à crise podem levar o país a fazer gastos que enfraqueceriam sua economia

 
  12/06/2009
The Economist: o Brasil está pronto para crescer de novo
Para a revista britânica, o Brasil pode ser um dos primeiros a sair da recessão, depois de ser um dos últimos a entrar nela

 
  21/04/2009
El País: Luciano Coutinho prevê cescimento de mais de 3% em 2010
Presidente do BNDES diz ao jornal espanhol que o Brasil apóia o Banco del Sur, projeto de Hugo Chávez

 
  31/03/2009
WP: emergentes serão os grandes vencedores na reunião do G20
Líderes dos países em desenvolvimento acham que os ricos perderam a autoridade para ditar regras, diz o Washington Post

 
  31/03/2009
CNI e câmaras do G20 apóiam organismos internacionais contra a crise
Comunicado pede financiamento adequado e maior coordenação entre entidades como o FMI e o Banco Mundial


  26/03/2009
Primeiro-ministro Gordon Brown discute a crise com Lula em Brasília
O primeiro-ministro britânico também se encontra com empresários em São Paulo


  26/03/2009
Brown quer fundo de US$ 100 bi para sustentar o comércio global
Primeiro-ministro britânico apresentou proposta a Lula e vai levá-la ao G20

 
  18/03/2009
El País: Juro alto dá ao Brasil margem de manobra na crise
Estímulo monetário pode funcionar mais depressa do que a política fiscal, segundo consultoria britânica

 
  16/03/2009
Brasscom e empresas globais de TI pedem mercados abertos
Carta enviada aos líderes do G20 afirma que medidas de curto prazo não podem comprometer o comércio internacional

 
  09/03/2009
FT: Lula está certo de que o Brasil pode enfrentar a crise global
A população parece concordar com o presidente, a julgar pela aprovação de 84%, diz o Financial Times

 
  05/03/2009
Reuters: S & P prevê superávit menor, mas mantém grau do Brasil
Standard & Poor's estima que ganho fiscal primário em 2009 ficará em 3,3% do PIB

 
  03/03/2009
Reuters: Fitch vê o Brasil com vantagens para enfrentar a crise
Para a agência de classificação de riscos, a política macroeconômica brasileira se destaca

 
  25/02/2009
The Economist: economia brasileira vai encolher em 2009
Revista britânica prevê leve recessão este ano e eleição difícil para o governo em 2010

 
  19/02/2009
Embraer demite cerca de 20% da mão-de-obra por causa da crise
Mais de 4 mil postos de trabalho devem ser cortados; empresa reduz a estimativa de produção para 2009

 
  18/02/2009
FGV: Clima econômico no Brasil é menos ruim do que na AL
A América Latina mostra neste começo de ano o pior clima econômico desde que a pesquisa começou a ser feita, há 19 anos


  18/02/2009
Ipea prevê que o Brasil não deve cair em recessão em 2009
Para o instituto, há indícios que que as condições econômicas do país podem melhorar ainda este ano

 
  13/02/2009
Strauss-Kahn: efeitos da crise na economia real ainda estão por vir
Diretor-gerente do FMI diz que existe o risco de medidas protecionistas chegarem "pela porta dos fundos"

 
  09/02/2009
Lamy, da OMC, alerta contra o risco da volta do protecionismo
É preciso permanecer vigilante, diz o diretor-geral da Organização Mundial do Comércio; a resposta à recessão apenas começou

 
  06/02/2009
Para a OCDE, o Brasil irá menos mal do que o mundo em 2009
Organização prevê "forte desaceleração" da economia no mundo rico e nos BRICs; para o Brasil, apenas "desaceleração"


  21/01/2009
Secretária da Cepal aprova apoio do BNDES a empresas
A mexicana Alicia Bárcena recomenda pacotes fiscais, investimento em infra-estrutura e a manutenção dos gastos sociais para enfrentar a recessão mundial




Totum Editora Revista PIB - 2009 © Todos os Direitos Reservados